segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Non dimenticato!














Não, não me esqueci 
de uma promessa que eu te fiz:
voltar, voltar vitorioso para ti, só para ti!
Eu não, não posso me esquecer de como fui feliz
nem de como planejamos tanto ainda ser!
Não me esqueci, não me esqueci do teu calor,
nem dos momentos na beira do rio, nem do nosso sorriso;
tudo é parte do meu sempre vivo e imenso amor
e vai durar por quanto tempo for, para eu voltar, preciso!
Eu sou teu, não me esqueci, não poderia me esquecer;
embora tenha me custado apenas um segundo para aprender;
embora tenha acontecido de nascer de um só olhar.
E tu és minha, eu não me esqueci, eu nunca poderia;
não! não me esqueci de uma promessa que eu te fiz um dia;
não, não me esqueci de uma promessa que eu te fiz: voltar!

32 comentários:

  1. Uma linda poesia de um verdadeiro amor.
    Um abraço. Élys

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grato, Élys! Quanto ao amor, também penso isto, esse compromisso só existe em amor verdadeiro. Um abraço

      Luc

      Excluir
  2. O amor tem mesmo essa força, embora nem sempre seja fácil voltar.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. È vero! A vida às vezes propõe dificuldades tão grandes! Mas o amor tem uma força (às vezes interior, até mesmo imperceptível externamente) que a Humanidade só conhece quando a experimenta em sua vida. Um abraço

      Luc

      Excluir
  3. Respostas
    1. Grato, Emili! Sim, na alma deste poema esta a reciprocidade sabida. Nada é tão doce no Universo quanto a reciprocidade sabida. Boa semana a ti. Un abbraccio

      Excluir
    2. Ter a certeza do que existe de verdade de ambas as partes, isso é tão dificil... Mas no texto existe.Boa noite.

      Excluir
    3. Achas demasiado difícil tal certeza?! Emi, o amor verdadeiro transborda e se expressa - o falso somente se expressa. Por melhor e mais convincente a expressão, não há transbordamento pelos olhos, pela alegria, pela respiração, pelas dádivas, pelo cuidado, pela serenidade.
      Talvez tu me perguntes como alguém perceberá que é transbordamento de amor e não apenas expressão da boca para fora?
      E eu te diria que sentimos transbordar na outra pessoa porque, sentindo o que ela sente, vemos nela o que vemos em nós! Transbordamentos recíprocos se identificam. Ninguém consegue disfarçar um suspiro de felicidade quando vê a pessoa amada de surpresa, por exemplo.
      No texto existe de ambas as partes porque o texto é de um rapaz de dezesseis anos para uma moça de quinze. Ela identificou amor puro nele. Eles se amavam com todas as forças do coração. O que sentiam é eterno. Un abbraccio

      Excluir
    4. Vivemos tempos líquidos e talvez algumas pessoas por medo de se machucar não deixam se revelar, mas as atitudes falam por si e quem cuida ama. Eu errei em dizer, ambas. Você escreve muito bem. Boa noite.

      Excluir
    5. È vero. O medo se estabeleceu porque, digo com tristeza, principalmente da parte dos homens há uma gritante falta de caráter. Mas tu disseste tão meigamente uma coisa: quem cuida ama! Pode haver esperança maior contra o medo que essa que expressaste?! Eu entendi bem o 'ambas', (sorriso). Gratíssimo pelo elogio tão carinhoso. Amo escrever como percebo que amas. Não perco um só dos teus pensamentos. Boa noite, Emi, un abbraccio

      Excluir
    6. Com certeza, mas talvez não seja bem a questão de gênero, mas de serem de verdade, de saber o que se quer sem enganar ou usar e cuidar do que possui .
      O ambas é no sentido dessa verdade do sentimento e da certeza. Isso é meio complicado hoje em dia... Como já te falei, o que escrevo na maioria das vezes é fruto do que estou sentindo e observando na minha história de vida. Boa noite Luc.

      Excluir
    7. Verdade. Como eu disse, é mais da parte dos homens que se verifica, mas é um mal que está na Humanidade em geral. Um coração é um vaso muito precioso para se cuidar, é frágil e tremendamente complexo e sensível. Compreendi o que disseste sobre verdade e certeza. Penso que uma é reflexo da outra, no amor verdadeiro. Concordo contigo que hoje a coisa está complicada, porque tudo pende mais para o físico, e mais para o ego. Mas sempre haverá um representação do amor verdadeiro na terra.
      Boa noite, Emi!

      Excluir
    8. Bonito da sua parte assumir que é na maioria da parte dos homens.
      Coração tem suas complexidades para se sentir seguro.
      Sobre o físico eu acredito que quem se ama se cuida e é importante esse hábito.Bom dia.

      Excluir
    9. Não posso dizer algo diferente daquilo que vejo acontecer diante de meus olhos, marcadamente com o que lido no dia a dia. Emi, talvez não seja o coração que tenha suas complexidades, mas ele tem nossas experiências, e elas o freiam. Pelo coração, acreditaríamos sempre de novo e facilmente. O que eu quis dizer com o físico é o querer físico, a atração física. Cuidar-se é maravilhoso, eu procuro me cuidar muito. Un abbraccio. Boa tarde, Emi.

      Luc

      Excluir
    10. Realmente são as experiências e o coração é sempre esperançoso. Sobre o físico que eu entendi errado e que seria a química, sim é muito importante junto com o sentimento é perfeito.

      Excluir
    11. Perfetto! (Sorriso). Química e coração, química e sentimento! Há pessoas de quem juraríamos que já se gostavam antes de se conhecerem. Química e coração. Buonanotte, Emi

      Excluir
  4. O amor quer sempre voltar para o seu lar, ou seja, ao lado das pessoas amadas. Lindo texto! Beijos e um ótimo feriado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre e sempre, Aline. Sempre e sempre. As pessoas amadas são nosso melhor castelo, nosso mais brando fogo, nosso mais querido abrigo. Os braços das pessoas amadas são nossa mais impenetrável armadura. Que doce é tê-la aqui. Un bacio, cara. Ótimo feriado a ti

      Excluir
  5. Linda poesia. Qual é o nome do poeta ?
    Nunca recebi poemas mas sim cartas lindissimas que o meu marido me enviava quando eu estáva fora por motivos professionais. Ainda as tenho :-)))
    Boa semana :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grazie mille, RT! Não há poeta, há apenas o aprendiz de poeta que nunca se formou. Chama-se Marco Lucio. Deves considerar as cartas lindíssimas como poemas, porque decerto fizeram o pleno efeito de poesia em teu coração. Poesia marca a vida, às vezes tanto que chamamos a tal vida de poesia de viver. Deves guardá-las sempre. É um privilégio teu. (Sorriso). Excelente semana a ti. Un abbraccio

      Excluir
  6. Por causa do amor são feitas promessas.
    Por causa do amor são cumpridas promessas.O amor em si é uma promessa. E o amor, de uma forma ou de outra, se cumpre.
    Belíssimo poema! Belíssima promessa!
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vero! Concordo completamente contigo. Pode-se prometer sem haver amor, mas não há como cumprir tais promessas. As promessas de amor são dificílimas para quem somente as faz, sem amar. As promessas de amor se cumprem ou, percebendo serem impossíveis, a compreensão mútua supera tudo!
      Un abbraccio

      Excluir
  7. Quando se ama nunca se esquecem as promessas feitas pois elas vêm do coração.
    Um poema maravilhoso que toca a alma de quem lê.
    Um abraço
    Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. È vero, Maria. Non è possibile! Penso que aí está a doçura do amor. As promessas normalmente são melhor guardadas pela pessoa que as recebe; mas, no caso do amor, nenhum dos dois esquece. Sei de um rapaz que num determinado dia do ano sempre vai ao mesmo lugar, viaja milhares de quilômetros para estar numa cidade onde prometeu estar, embora todos os anos caminhe solitariamente entre as flores e o arvoredo de diversas praças. Promesse. Promesse. Gratíssimo a ti Un abbraccio

      Luc

      Excluir
  8. Respostas
    1. Que bom, Déia!!! Imensamente feliz! Un bacio

      Excluir
  9. Nunca nos esqueceremos daquele que um dia amamos ou prometemos algo.


    Abraço,
    Bom final de semana
    http://mylife-rapha.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Penso que, se é amor verdadeiro, a primeira coisa não será esquecida, e a segunda, quanto mais importante a promessa, mais perto da certeza absoluta de não esquecer. É claro que promessinhas de namorados para namoradas às vezes falham no banco de memória, mas as promessas importantes jamais serão esquecidas, tens toda razão. Bom final de semana. Un abbraccio

      Excluir
  10. Promessas com regresso. Excelente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ciao, CÉU!
      Apenas para constar, a promessa foi cumprida num dia de abril de 2001, em plena primavera. O poema é do verão de 2000. O poeta tinha quase dezesseis anos quando escreveu. Un abbraccio, cara

      Excluir

Teu comentário é peça chave no que me inspira a escrever.