domingo, 5 de março de 2017

Serenità nelle tempeste...












Eu daria o tudo que penso que sou, que penso que tenho e que penso que sei... pela virtude de tocar as pessoas para reconstruir seus corações, para serená-las de seus medos, para aquietá-las nas tempestades das suas almas!...



24 comentários:

  1. Esse texto foi uma resposta a minha postagem.Correto? Acabou filosofando o que leu, isso acontece comigo também, já postei várias respostas minhas a um determinado assunto seja em blogs ou facebook. Como psicólogo já devolveste vários sorrisos, dever cumprido.Bom domingo Luc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi sim. Foi numa resposta à tua excelente postagem:
      "Não é sobre tocar peles, mas sobre tocar as almas e os corações... Sem esse sentido não valerá ter vivido por aqui."
      Tocar é algo fundamental nos relacionamentos humanos. Eu o chamo de um dos sete pontos fundamentais, o quarto, aliás: Amar, perceber, compreender, tocar... "Amar" deveria, na ordem lógica, ser o segundo ponto, mas eu o coloco em primeiro por entender que é uma predisposição. Estar predisposto a amar quem quer que seja que eu perceba.
      Sim, a Psicologia é uma das Artes e Ciências de estar junto; então, sorrir junto é maravilhoso. Sou grato a ti pela observação. Sempre me fazes sorrir. Boa semana, Emi, un abbraccio

      Excluir
    2. Que bom que te faço sorrir sem te conhecer. Pelo menos fiz alguém feliz, você escreve com conhecimento do que estudou e eu não sei se consigo responder a altura.Boa noite Luc.

      Excluir
    3. "... Pelo menos fiz alguém feliz..." é modéstia tua (risos). decerto que há um bom número, boas dezenas ou centenas (senão, milhares) de pessoas a quem fazes sorrir, tantas que sequer tu imaginas. pois a vida é assim, há pessoas que são felizes tão somente porque existimos, e sequer nos damos conta. Sim, o estudo coopera para o que somos - mas não é o que somos. Tua resposta é mais que à altura, porque teu coração é belo.
      Buonanotte, Emi. Un abbraccio

      Excluir
    4. Tens razão, quanto ao perceber essas pessoas... Distração talvez pelo foco em outros assuntos.
      Obrigada pelo belo coração, no meio da multidão que lê perceber isso em alguém.Bom dia Luc.

      Excluir
    5. Deverás, há muita gente por ler, todas as pessoas têm características marcantes, e muitas dessas características são muito especiais. Bom dia, Emi! Un abbraccio

      Excluir
  2. Ciao Marco! Fabuloso texto e fabulosa foto. Você escolhe sempre muito bem as fotos para acompanhar os textos.
    O estoicismo é uma grande qualidade!! Bom domingo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ciao, RT! Mille grazie! É um esforço grande por fazer esse casamento nas postagens. Não é nada fácil para um leigo e desconhecedor de excelentes fontes de imagem. Já deixei de postar algumas vezes por não encontrar a imagem desejada.
      È vero, o estoicismo foi (e é, de certa forma) uma grande escola de pensamento. Entendo que foi um avanço fantástico antes da revelação trazida pelo Cristianismo, que fez o melhor das filosofias finalmente convergir a um sustentador; no Cristianismo, esse melhor encontrou uma origem, um propósito sobre a qual pudesse se assentar. O que procuro viver é, então, esse Cristianismo revelado.
      Boa semana!
      Un abbraccio

      Excluir
  3. Refletes empatia, compaixão, altruísmo, bondade, tudo que se resume em 'amor ao próximo'. Não há nada mais incrivelmente gratificante quanto ver o bem ser feito ao outro através de nossas mãos, mesmo nos pequenos gestos. Quem dirá fazer fluir a paz nos corações atribulados, é um sonho precioso demais!!
    Guardo comigo muito do que escreves Luc, mas este teu pensamento em especial me tocou de uma forma única.
    Ahh se o mundo levasse consigo ao menos uma gotinha do que há em ti...

    Um terno abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gratíssimo a ti pelas virtudes que tão carinhosamente dizes refletirem em mim. Mas não sou eu, o Bem não é individual, apenas lhe damos lugar e nos pegamos instrumentos Dele.
      O que nos inclina mais fortemente a um estilo de vida que se interessa pelo bem do semelhante são dois fatores: 1. Nunca vivemos num mundo em geral tão egocêntrico, soberbo e desequilibrado emocionalmente como hoje. 2. As pessoas (também em função disso), vivem atordoadas, depressivas, desiludidas, desconfiadas. Entender esses fatores nos atrai irresistivelmente para ajudar a quem se mostra em tempestade. Tanta gente tem se inclinado para isto. Nem tudo está perdido.
      Sei que guardas, como deves saber que guardo o que escreves. Fico feliz que esse pensamento tenha sido especial. E muito agradecido pelo carinho!
      Grazie mille!!
      Un abbraccio

      Excluir
  4. Maravilhoso pensamento!

    r: Obrigada e igualmente*

    ResponderExcluir
  5. Palavras tão plenas de sensibilidade, que pensamento maravilhoso.
    Bom fim de semana
    Um abraço
    Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou muitíssimo grato, Maria. Um fim de semana e uma nova semana maravilhosos para ti e aqueles a quem amas. Un abbraccio
      Luc

      Excluir
  6. Nem sempre é fácil acalmar um coração, mas com algum esforço muitas vezes é possível.

    Beijos!
    Blog: *** Caos ***

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deveras! Na maioria absoluta das vezes, não é. Na maioria absoluta das vezes, requer-se muito esforço, compreensão e paciência. Mas são justamente estes fatores que qualificam tanto, que dignificam tanto. Penso que somos melhores quanto mais as pessoas e suas felicidades nos custam. Baci!

      Excluir
  7. Só Deus para saber as marés que temos dentro de nós, mas quem dera pudêssemos acalmar as tempestades.

    Abraço,
    http://mylife-rapha.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. È vero. Solo Dio. Mas há algo de profundamente enobrecedor em tentar compreender as marés das pessoas, penso eu. Porque, se somente Deus as conhece de fato, tratar do que tão pouco sabemos exigirá um acréscimo grandioso de humanidade e amor. E, ah, quem dera pudéramos acalmar tempestades e ver fluírem sorrisos como raios de sol depois das tempestades! Un abbraccio

      Excluir
  8. Passei para desejar um excelente fim de semana
    Um abraço
    Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gratíssimo pela lembrança! Uma excelente semana para ti. Um abraço!
      Luc

      Excluir
  9. Que bonito, que gesto humano! Não são muitos que se preocupam assim. Um pouco que cada um dê, o mundo pode ser melhor.
    Belo e sereno barco na tempestade, nossas vidas poderiam ser assim...
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito grato a ti, Tais. È tutto vero, como o disseste. Infelizmente, doar-se é um verbo em baixa no conceito social e vemos isto em todos os contextos na atualidade. Seria tão esplêndido se pudéssemos nos superar! Como tão bem disseste, o mundo pode, pode muito, sim, ser melhor! Então, talvez muito mais vidas se tornassem este belo e sereno barco,mesmo em meio à tempestade. Belíssimo o que comentaste. Un abbraccio

      Excluir

Teu comentário é peça chave no que me inspira a escrever.